O que fazer em São João del Rei

Resumo do Relato

História, Como chegar, O que fazer, Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar, Fortim dos Emboabas, Igreja de Nossa Senhora do Carmo, Igreja de São Francisco de Assis, Memorial Tancredo Neves e Passeio de Maria Fumaça para Tiradentes.

——————————————————————————————————————————————————————

Estava em uma viagem de final de ano com meu pai e meu irmão, onde além de São João del Rei e Tiradentes, iríamos conhecer também Inhotim, Ouro Preto e Mariana. Nosso roteiro por Minas Gerais começava por aqui, São João del Rei.

Obs: Infelizmente, como já havia passado por São João del Rei quando era mais nova, não vi tanta novidade e não tirei nenhuma foto (o que me arrependo agora). Neste post então, coloquei fotos tiradas da internet, com suas devidas fontes 🙁

São João del Rei
São João del Rei (Fonte: Roteiro de Turismo|)

História de São João del Rei

A região de São João del Rei era habitada por índios puris, até ser colonizada pelos primeiros bandeirantes paulistas no final do século XVI. Que decidiram montar um arraial nas encostas do Ribeirão de São Francisco Xavier, ao primeiro sinal de ouro.

Com a descoberta do ouro, as terras de São João del Rei, antes conhecidas como Arraial Novo do Rio das Mortes e Arraial Novo de Nossa Senhora do Pilar, foram distribuídas visando a exploração do mineral. Tornando São João del Rei mais uma cidade exploradora de ouro, em Minas Gerais.

São João del Rei 02
São João del Rei (Fonte: Pousada Estação do Trem)


Após anos de prosperidade, a localidade é elevada a vila e recebe o nome de São João del Rei. Em homenagem a Dom João V, rei de Portugal na época.

Com o passar do tempo, veio a decadência da era do ouroSão João del Rei, diferente de muitas outras cidades de exploração aurífera, como Ouro Preto, Mariana e Ibitipoca, foi uma das únicas que pôde se manter de pé e povoada.

São João del Rei
São João del Rei (Fonte: Miletur Turismo)

O motivo, é que desde seus tempos de formação, São João del Rei desenvolveu uma vasta produção mercantil e de gêneros alimentícios. O que possibilitou o contínuo crescimento da localidade, que não sofreu grandes perdas com o declínio da atividade aurífera.

Em 6 de março de 1838, a Vila de São João del Rei tornou-se cidade. E hoje possui aproximadamente 88.902 habitantes.

Como chegar em São João del Rei

De carro, vindo de Belo Horizonte, pegar acesso pela BR-040 (sentido Rio de Janeiro até Joaquim Murtinho) e bR-383.

Vindo do Rio de Janeiro, pegar acesso pela BR-040 (sentido Belo Horizonte até Barbacena) e BR-265.

E vindo de São Paulo, pegar acesso pela BR-381 (até Lavras) e BR-265.

Outra opção, é ir de ônibus, tendo ônibus destas 3 cidades direto para São João del Rei.

O que fazer em São João del Rei

São João del Rei possui vasta herança patrimonial. E esse é o principal motriz de sua atividade turística. Em São João del Rei podemos visitar por exemplo:

  • Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar
  • Fortim dos Emboabas
  • Igreja de Nossa Senhora do Carmo
  • Igreja de São Francisco de Assis
  • Paço Municipal de São João del-Rei
  • Teatro Municipal
  • Museu de Arte Sacra
  • Solar da Baronesa
  • Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus do Monte
  • Igreja de Nossa Senhora das Mercês
  • Memorial Tancredo Neves
Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar
Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar (Fonte: Guia São João del Rei)


Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar


A Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar, também conhecida como Matriz de Nossa Senhora do Pilar, é um grande representante da arte colonial brasileira. Foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

A igreja foi levantada entre 1703 e 1704, como uma capela de taipa coberta de palha dedicada à Virgem do Pilar. Dando origem, ao seu redor, ao primeiro povoado de São João del Rei.

Catedral Basilica de Nossa Senhora do Pilar 02
Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar (Fonte: Horizontes Gerais Turismo)


Poucos anos mais tarde, em 1711, a igreja que foi queimada durante a Guerra dos Emboabas, e reerguida de forma luxuosa.

Para a sua construção e decoração, foram trazidos materiais vindos de Portugal, como folhas de ouro, tintas e pinturas em painel. O que fez da Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar uma referência do estilo barroco e neoclássico de igrejas da era colonial no Brasil.

Fortim dos Emboabas
Fortim dos Emboabas (Fonte: UFSJ)


Fortim dos Emboabas

Fortim dos Emboabas é uma construçãoutilizada como forte pelos portugueses, contra o ataque dos paulistas durante a Guerra dos Emboabas. Que ocorreu entre 1707 e 1709.

A Guerra dos Emboabas, foi um confronto travado entre os bandeirantes paulistas que descobriram as jazidas de ouro na região de Minas Gerais e que pediam exclusividade em explorá-las, contra portugueses que teriam recorrido à região posteriormente à divulgação da descoberta feita pelos paulistas.

Emboabas, era um apelido pejorativo que os paulistas haviam dado aos portugueses na época.

O confronto foi travado em diversas regiões de Minas Gerais, principalmente em São João del Rei e Ouro Preto.

Igreja de Sao Francisco de Assis
Igreja de São Francisco de Assis (Fonte: frags.wiki)


Igreja de São Francisco de Assis

A Igreja de São Francisco de Assis teve sua construção iniciada em 1774, e hoje é um dos principais marcos da arte colonial brasileira.

Tornou-se famosa pela beleza de sua arquitetura, pela riqueza de sua talha e pela participação de Aleijadinho em suas obras. A igreja foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), junto com todo o seu acervo.

Memorial Tancredo Neves
Memorial Tancredo Neves (Fonte: Contando as horas)


Memorial Tancredo Neves

Tancredo Neves, eleito por eleição indireta pelo Congresso Nacional em 15 de Janeiro de 1985, seria o primeiro civil presidente da República após a ditadura militar.

Porém, 12 horas antes de sua posse, Tancredo foi internado tendo que se submeter a uma cirurgia. Morreu em 21 de Abril, dando lugar à presidência a seu vice-presidente eleito, José Sarney.

Tancredo era natural de São João del Rei, e por isso, hoje sua antiga casa se tornou um memorial. O Memorial Tancredo Neves que preserva e disponibiliza o acervo referente à memória do ex-presidente.

O Memorial Tancredo Neves fica na Rua Padre José Maria Xavier, número 7, próximo a Igreja de São Francisco de Assis. E fica aberto de sexta a domingo, além de feriados, das 9h às 17hs. O ingresso custa R$2.

Maria Fumaca Sao Joao del Rei
Passeio de Maria Fumaça para Tiradentes (Fonte: São João del Rei transparente)


Passeio de Maria Fumaça para Tiradentes

O passeio de maria fumaça pra Tiradentes é um dos principais atrativos turísticos de São João del Rei. Mas para falar sobre ele, reservamos outro post.

Autor do Post
Mari Sanefuji
Joseense de 24 anos, que há 6 anos decidiu se mudar para São Paulo para trabalhar no ramo da Publicidade como Gestora de Mídias Sociais. Posso me descrever como uma mente inquieta sempre em reflexão sobre o mundo, e sobre a mim mesma.

COMENTÁRIOS

2 COMENTARIOS
  1. escrito por
    Inhotim – A maior galeria de arte a céu aberto da América Latina
    abr 14, 2017 Responder

    […] de Inhotim havíamos passado por São João del Rei e Tiradentes, e posteriormente passaríamos por Ouro Preto e […]

  2. escrito por
    Ouro Preto um museu a céu aberto em Minas Gerais
    abr 14, 2017 Responder

    […] havíamos passado por São João del Rei, Tiradentes e Inhotim, e agora passávamos por Ouro Preto e Mariana (que são cidades […]

Deixe uma resposta

Top