O que fazer em Otavalo – Laguna Cuicocha

Resumo do relato

Como chegar em Otavalo, Como chegar na Laguna Cuicocha, História da Laguna Cuicocha, Trilha da Laguna Cuicocha, O que levar

—————————————————————————————————————————————————————————————————————

Depois de passar 2 dias em Quito, continuei minha viagem pelo Equador (viagem feita em 2014, mas todas as informações desse post estão com valores atualizados).

Para mim a viagem estava começando de verdade. Ia sair da capital do país, para conhecer as belezas naturais que o país tem para oferecer.

Equador é um país ainda pouco conhecido entre os brasileiros, mas depois de passar 26 dias em terras equatorianas, posso dizer que é um destino inesquecível e inesperado.

No Equador é possível observar uma enorme diversidade de paisagens. E muitos MUITOS VULCÕES!

Depois de ter relatado para vocês como foi a subida pelo Vulcão Pichincha em Quito, vamos seguir viagem agora para a Laguna Cuicocha. Localizada na imensa cratera do vulcão adormecido Cotacachi, na cidade de Otavalo.

Para começar o trajeto, o primeiro passo é sair da capital Quito e seguir para a cidade de Otavalo.

Laguna Cuicocha
Laguna Cuicocha

Como chegar em Otavalo

Otavalo está localizada a 98 km de Quito.

Muitas agências de viagem, oferecem um tour de rápida visita ao Monumento de Mitad del Mundo + Trajeto até Otavalo. Mas se assim como eu você está querendo economizar, a melhor opção é ir de ônibus.

Para ir de ônibus é necessário ir até a Estación Norte, e dessa estação pegar um outro ônibus até o Terminal Carcelen (U$0,50).

Chegando no terminal tive que pegar uma GIGANTESCA fila para comprar a passagem (era um sábado, o que pode justificar o tamanho da fila).

Felizmente os ônibus tem saída de 30 em 30 minutos, então não corri o risco de não conseguir fazer a viagem no dia. Finalmente comprei a passagem por U$2,25 e segui no ônibus para Otavalo.

A viagem de ônibus dura cerca de 3 horas, pois o ônibus para bastante durante todo o trajeto. Mas a demora é compensada com uma bela paisagem dos vales do Equador, e se tiver sorte de pegar um dia ensolorado, poderá ver também os vulcões Imbaburra (4.621m) e Cotocachi (4.949m).

Reserve pelo menos um dia no seu roteiro para conhecer a cidade de Otavalo. Possui ainda uma forte influência indígena, e tem a fama de ser o MAIOR MERCADO DE ARTESANATO ÍNDIGENA DA AMÉRICA DO SUL.

Ainda vou fazer um post apenas para Otavalo 😉

Mercado índigena
Mercado índigena

Laguna Cuicocha

Laguna Cuicocha está localizada à 12 km a oeste da cidade Cotacachi, que fica a 15km de Otavalo.

A origem da palavra Cuicocha é do vocabulário kichwa (Kuychi Kucha “lagoa de arco-iris”). A lagoa está localizada a 3.068 m de altitude, no lado ocidental das Cordilheiras dos Andes Equatorianos.

A lagoa se formou a partir de uma erupção freática. Quando a lava do vulcão atinge temperaturas extremas variando de 600 a 1170 Cº, e entra em contato com uma superficie que contém água, evaporando rapidamente e causando uma grande explosão de vapor, cinzas e pedras.

Que resumidamente causou diversas reações entre o meio ambiente e os resultados da erupção, fazendo surgir a lagoa, e suas duas ilhas centrais.

O Azul da Laguna Cuicocha
O Azul da Laguna Cuicocha

Não é permitido o acesso a nenhuma das duas ilhas.

A menor se chema Yerovi (não encontrei o por que do nome, se alguém quiser ajudar aí), e a maior Teodoro Wolf, em homenagem ao cientista alemão que descobriu a região. A terceira não encontrei, se alguém puder ajudar aí de novo, rs.

E olha só como a natureza é, essas duas ilhas possuem mais de 400 ESPÉCIES de fauna, além de uma flora pouquíssima conhecida.

Acredito ser dos poucos lugares do planeta que o ser humano não pois a mão. É realmente um privilégio sentir a energia dessa lagoa.

AS três Ilhas de Cuicocha
AS três Ilhas de Cuicocha

Como chegar na Laguna Cuicocha

Há diversas agências que fazem o tour até a Laguna Cuicocha. Estes possuem saída que normalmente às 7h30, e com retorno as 14h. Custam em média U$ 30 por pessoa, incluindo transporte, guia e almoço.

Novamente se quiser não só economizar, mas ter uma experiência mais local, é possível fazer o passeio de forma independente.

Em Otavalo pegue um ônibus urbano (U$ 0,25) com direção à Quiroga, e depois um táxi (U$ 6) com direção a lagoa que fica a 3.300m de altitude.

La Cratera de Laguna Cuicocha
La Cratera de Laguna Cuicocha

E agora uma das melhores partes desse passeio. ENTRADA GRÁTIS!

Fazendo a trilha da Laguna Cuicocha

A trilha tem uma extensão de 8km, onde é possível dar a volta COMPLETA por volta da cratera! As vistas são fantásticas! Impossível não se empolgar só de lembrar desse lugar.

Começo da trilha com um dos melhores avisos que já li :D
Começo da trilha com um dos melhores avisos que já li :D

 

Vista para o Vulcão Imbaburra
Vista para o Vulcão Imbaburra

 

Caminhando pela cratera do vulcão
Caminhando pela cratera do vulcão

Todo o trajeto não possui nenhuma parte íngreme. E tem como um dos maiores incômodos os insetos, e a altitude (mas nada que INCOMOOOODE MESMO).

Demorei 4h30 para terminar o trekking pois parei bastante durante o caminho. Acredito que 4h é o suficiente para a trilha.

Fazer a trilha é se deparar com uma vista diferente a cada 5 minutos andando
Fazer a trilha é se deparar com uma vista diferente a cada 5 minutos andando

 

La cratera
La cratera

 

Laguna Cuicocha
Laguna Cuicocha

Passeio de barco pela Laguna Cuicocha

Depois de terminar a trilha, é possível fazer também um passeio de barco por dentro da cratera.

O passeio dura cerca de 20 minutos e custa U$3,25.

Vale MUITO a pena fazer o passeio, além das paisagens, e de ver de perto a água do vulcão e as ilhas formadas pelas erupções vulcânicas, dá para se informar ainda mais sobre esse impressionante lugar com os guias.

Estacionamento do parque
Estacionamento do parque

Voltando para Otavalo

Para voltar consegui um táxi depois de caminhar uns minutos, que me deixou em Quiróga. E de lá peguei o ônibus de volta pra Otavalo.

O que levar

  • Bastante água, frutas, chocolate, pão.
  • Repelente
  • Ir de bota impermeável se possível, e um casaco corta vento, daqueles não muito pesados.

Otavalo - Laguna Cuicocha 18

 

Paulistano de 26 anos, que ainda mora em São Paulo, e trabalha como Analista de Sistemas. Alguém que só percebeu o tamanho do mundo quando colocou pela primeira vez a mochila nas costas, e a partir de então passou a enxergar o mundo em uma outra perspectiva. Uma perspectiva menos “de eu” e mais “de todos”. Uma pessoa que vive em uma utopia de crer que o mundo pode ser um lugar diferente.

Deixe uma resposta

Top