04 Dias na Praia do Bonete – Ilhabela

04 dias na Praia do Bonete: Praia do Bonete, Como Chegar na Praia do Bonete, Onde se Hospedar, Onde Comer, Perrengues de Viagem, O Que Fazer, Como Voltar, O que Levar, Resumo dos Gastos

————————————————————————————————————————————————————–

Sem destino para o Carnaval, de repente eu e Doug nos vimos a partir de um tópico no grupo do Mochileiros do Facebook planejando uma viagem a Praia do Bonete.

Considerada pelo The Guardian uma das 10 praias mais bonitas do Brasil, decidimos conhecê-la com o meu amigo Victor, que levaria alguns outros amigos para a viagem também.

Praia do Bonete

A Praia do Bonete é uma comunidade de caiçaras localizada ao Sul de Ilhabela com 300 moradores, e pequeníssimos comércios, além de algumas pousadas e campings.

Em Bonete o celular não pega e muito menos o 3G ou Wi-fi. Para se comunicar com o continente você pode usar um dos dois orelhões disponíveis na ilha.

Praia do Bonete
Praia do Bonete

Mantendo a preservação do local, a entrada de veículos em Bonete é impossível. E a luz é mantida por geradores que se desligam às 23h.

Depois desse horário a luz vem somente de lanternas, lamparinas, ou da própria lua.

A Praia do Bonete é bastante frequentada por surfistas, pois a praia é conhecida pelo tamanho de suas ondas que chegam até 3 metros de altura.

Surfistas na praia do bonete
Surfistas na praia do bonete

O local é famoso também pelo mais predominante morador da ilha, o borrachudo. Que acreditamos serem maiores em números do que os próprios moradores da vila, rs.

Praia do Bonete 06
Praia do Bonete

Como Chegar na Praia do Bonete

Saímos de São Paulo de ônibus para São Sebastião pela companhia Litorânea. A viagem levou mais ou menos umas 6h devido a um acidente que ocorreu no caminho, mas normalmente levaria 3h.

Chegando em São Sebastião pedimos para o motorista do ônibus nos deixar em uma parada próxima a balsa de São Sebastião que leva a Ilhabela (detalhe importante: não descemos na rodoviária).

De lá partimos para um bar famoso por ser referência de embarque e desembarque de pequenos barcos. Local marcado para nos encontrar com Gilsinho, quem nos levaria de barco para a Praia do Bonete.

Como chegar na Praia do Bonete
Como chegar na Praia do Bonete

Para quem não sabe, para chegar em Bonete você tem 2 opções:

  • Chegar em São Sebastião, pegar a balsa para Ilhabela, seguir pela SP-131 até a Ponta da Sepituba (pegue ônibus com destino a Borrifos) e fazer 15km de trilha em meio a Mata Atlântica, levando de 3 a 5 horas de caminhada passando por três belíssimas cachoeiras.
  • Pegar em São Sebastião um barco com os caiçaras da região, que te levarão em 40 minutos para a praia.

Escolhemos pela segunda opção, onde cada um pagou R$35 de ida, e reservou pelo mesmo preço a volta. O que nos arrependemos de fazer posteriormente, mais ao final você vai saber por que.

O contato com Gilsinho foi feito por telefone (Victor já tinha ido a Bonete e tinha o número de telefone dele), e o trajeto foi reservado anteriormente. Mas você pode pegar um barco na hora também (se tiver alguém com barco lá).

Nossa escolha por pegar um barco foi pela praticidade, e pela falta de preparo físico do grupo, rs.

Mas para quem é melhor preparado, e quer curtir as cachoeiras, a trilha não é considerada de nível difícil. Tem boas subidas e é uma trilha acidentada, mas é bastante demarcada.

Praia do Bonete
Praia do Bonete

A trilha para Bonete foi feita sem querer a partir da ideia de construir uma estrada para carros em 1980 às pressas.

Erosões que destruíram barreiras, e a mata que invadiu a estrada criaram uma trilha larga, bem demarcada e sinalizada. Fazendo com que a própria natureza encerrasse a má sucedida obra.

A viagem de barco foi tranquila, e com bastantes paisagens bonitas. Ao longo da costa pudemos ver casarões (de pessoas sortudas e privilegiadas) em meio a natureza. E pontos da ilha que pareciam inabitados.

Embora o mar fosse aberto, como havíamos pegado o barco mais ou menos no horário do almoço e com o tempo bom, o trajeto foi bem tranquilo.

Como chegar na praia do bonete
Como chegar na praia do bonete

Logo que chegamos começamos a ver nossas pernas e braços sangrando com as picadas de borrachudos que vieram nos recepcionar, rs. E dá-lhe repelente!

Onde se Hospedar

Não reservamos hospedagem, deixamos para conseguir um cantinho na hora e ficamos no Camping da Vargem, um lugar bastante simples que fica no quintal de uma casa.

Possui fogão a lenha (mas a lenha você tem que comprar no camping, ou tem que procurar pela ilha), chuveiro quente e é bastante arborizado. Pagamos R$35 por pessoa.

Camping da Vargem 02
Camping da Vargem
Praia do Bonete
Praia do Bonete

Mas caso você não queira acampar, a Praia do Bonete já conta com pousadas mais simples e com uma em específico bem estruturada.

Onde Comer

A Praia do Bonete tem uma vila bastante pequena que conta com poucas, porém, boas opções para comer.

Tem uma pastelaria perto do camping de uma senhora (que agora não me recordo o nome), que nos deu para experimentar o seu novo pastel de Jaca (que aliás era uma delícia). E dizia que a calabresa de seu pastel era a melhor de todo Bonete, por que era Perdigão, esse era quase o slogan dela, haha.

Praia do Bonete
Praia do Bonete

Algumas famílias também oferecem marmitas a preços razoáveis, como a própria família do nosso camping.  E um ou outro quiosque oferecia pastel e refeições com preços um pouco acima da média.

Bonete também tem uma mini venda onde a Coca-cola 2L custa 18 reais. E outros mantimentos com valores bem acima do normal.

Praia do Bonete 07
Praia do Bonete

Havíamos levado muita comida para cozinhar, pois imaginávamos que a ilha não teria muitas opções e as opções existentes seriam muito caras.

Mas o fogão a lenha e nossa pouca experiência (além dos galhos que estavam úmidos devido a chuva constante) não nos permitiu preparar muitas refeições. E gastamos um pouco mais com o comércio local.

De coração, nossa dica é levar um pouco mais de dinheiro e se alimentar com o comércio local. Assim você leva menos peso, e ajuda a comunidade que atualmente vive apenas de turismo e pesca.

Praia do Bonete
O único dia que conseguimos cozinhar

Perrengues de Viagem

Foram 4 longos dias de constante chuva, acompanhando a cara do pessoal de desânimo do pessoal do camping, por não conseguir aproveitar a praia.

Choveu muito durante os dias que estivemos lá, e tivemos sorte de ter comprado uma barraca boa que aguentou bem o temporal, a Arpenaz XL 2 pessoas da Quechua.

A barraca de nossos amigos era da mesma marca, mas era daquele modelo que você monta em poucos minutos. Fez com que eles precisassem mudar para um camping que era na verdade uma casa abandonada com teto para que não se molhassem.

Camping da Vargem
Camping da Vargem

A quantidade de borrachudos na Praia do Bonete é absurda, é tanta que o meu amigo Victor ficou com os dois pés inchados ao ponto de ter febre em uma noite, e ao ponto de precisarmos (fiquei com os pés inchados também) andar de meias na praia.

Não havíamos levado remédio para febre, por sorte tinha um cara no camping que teve para nos dar, então, leve!

Praia do Bonete
Meu pé inchado com as picadas de borrachudo

E muito importante, invista no seu repelente, os repelentes OFF não foram suficientes para nós, algumas pessoas estavam com repelentes caseiros, e disseram ser muito melhor.

Praia do Bonete 05
Praia do Bonete

O Que Fazer na Praia do Bonete

Na Praia do Bonete você consegue fazer também uma trilha para ver a praia de cima, mas bem no comecinho você tem que atravessar um rio, e devido ao horário que fomos, e a quantidade de borrachudos que começaram a nos picar, desistimos de fazê-la.

Mas dizem que ela é linda, e dá uma visão maravilhosa da praia.

Praia do Bonete
Praia do Bonete

À noite, no final da praia à esquerda, Bonete também tem uma casinha de shows que o pessoal vai lá para conferir e curtir à noite.

Você não paga nada para entrar e pode consumir algumas bebidas. O lugar é bem pequenininho, e tem bem um clima de praia.

Praia do Bonete
Praia do Bonete

Devido a dificuldade de acesso e pela pouca divulgação do lugar, a praia estava vazia e estava maravilhosa para contemplar a natureza e curtir o sossego. Independente das dificuldades que passamos, foi maravilhoso sentir a energia de lá.

Praia do Bonete
Praia do Bonete
Praia do Bonete
Praia do Bonete
Praia do Bonete
Praia do Bonete
Praia do Bonete
Praia do Bonete

4 dias na Praia do Bonete pareceram semanas, e nos sentimos vivendo em uma outra realidade. Em um mundo paralelo ao nosso mundo de costume, cheio de notificações, barulho, e muita informação.

Depois de dias de chuva, fazendo fogueiras para comer feijoada enlatada, nos divertindo com os instrumentos musicais que havíamos levado na praia à noite, conversando com os locais, e contemplando Bonete. Precisamos ir embora para casa.

Praia do Bonete
Praia do Bonete

A inesquecível volta da Praia do Bonete

Tínhamos deixado para ir embora no período da tarde, no horário marcado para o Gilsinho buscar a gente em Bonete e nos levar de volta para São Sebastião.

O problema é que o cara não apareceu, e os pescadores começaram a zombá-lo dizendo que ele estava com medo do mar. O pior é que já tínhamos pago para o cara, e no final não recebemos o dinheiro de volta.

E não era à toa que ele estava com medo do mar, o mar estava ficando cada vez mais bravo, e o tempo estava fechado.

Praia do Bonete
Praia do Bonete

Mas como precisávamos trabalhar no dia seguinte, decidimos ir no barco de outro caiçara que nos cobrou R$50.

Desde que entramos no mar, não parei de pensar nas mães e avós religiosas que dizem sempre rezar por a gente haha. eu nunca havia passado por uma situação daquela.

O mar era aberto e estava muito bravo, as ondas pareciam que iam entrar dentro do barquinho (que era para no máximo 6 pessoas), as malas que estavam na frente cambaleavam para o lado esquerdo do barco fazendo com que ele pendesse para aquele lado.

E a cada vez que uma onda batia, parecia que a água ia entrar ali. Começou a chover no caminho, vimos raios mais à frente, e o desespero batendo cada vez mais forte. Detalhe: não tínhamos coletes salva-vidas.

Eu não sei se isso é normal! O fato é que questionamos o cara se era seguro o que estávamos fazendo, e ele nos respondeu meio baqueado, sem muita segurança.

Então cheguei ao ponto de pedir para ele nos deixar em uma praia antes por que não aguentava mais me cagar de medo, rs.

Ele aceitou nos deixar em uma praia antes da combinada, então descemos do barco molhando todas as nossas coisas, e de lá pegamos um ônibus para a rodoviária. Onde ficamos tentando secar todos nossos pertences. Da rodoviária, pegamos um ônibus de volta para São Paulo.

A Praia do Bonete é linda, maravilhosa, e ainda pretendo voltar. Mas de trilha! rs. Recomendo.

O que Levar para a Praia do Bonete

  • Repelente (um repelente potente!)
  • Lanterna
  • Capa de chuva
  • Protetor solar
  • Produtos de higiene
  • Dinheiro (não leve cartão, não tem como passar)

————————————————————————————————————————————————————–

Resumo dos Gastos:

Onde se hospedar na Praia do Bonete

Camping da Vargem: R$35 por pessoa

Como Chegar na Praia do Bonete

Ônibus São Paulo > São Sebastião: R$58,57 por pessoa

Barco São Sebastião > Bonete: R$35 por pessoa

ou

Balsa São Sebastião > Ilhabela

Ônibus com destino a Borrifos para chegar até a Ponta de Sepituba: em torno de R$3 por pessoa

Trilha de 15km > Bonete

Custos Individuais (3 noites/ 4 dias):

Ônibus: R$117,14

Barco: R$120

Hospedagem: R$105

Comida: não registrado

Passeios: R$0

Praia do Bonete

Autor do Post
Mari Sanefuji
Joseense de 24 anos, que há 6 anos decidiu se mudar para São Paulo para trabalhar no ramo da Publicidade como Gestora de Mídias Sociais. Posso me descrever como uma mente inquieta sempre em reflexão sobre o mundo, e sobre a mim mesma.

COMENTÁRIOS

1 Comentário
  1. escrito por
    Paranapiacaba – Um final de semana no Simplão de Tudo
    jan 29, 2017 Responder

    […] Simplão de Tudo é mais comum acampar, mas por conta de nossa experiência em Bonete decidimos por um quarto para 4 pessoas, com uma cama de casal e um […]

Deixe uma resposta

Top